About

Este é um blogue em tributo à escritora estadunidense Valerie Solanas, com traduções de suas obras conhecidas: um artigo não ficcional publicado na revista masculina Cavalier em 1966, trechos da sua peça de teatro e o SCUM Manifesto pela Eliminação do Sexo Masculino.



Apresentação da base lógica da razão de existência e do programa de ação de SCUM, que eliminará através da sabotagem todos os aspectos da sociedade não relevantes para as mulheres (tudo), eliminará o depósito de lixo que os homens fizeram do mundo***, trará uma completa retomada feminina do controle, automatizará completamente, acabará com a produção de machos (hoje é tecnicamente possível reproduzir sem a ajuda dos machos e produzir somente fêmeas), eliminará o sexo masculino e começará a criar um mundo feminino, emocionante, divertido, fora-de-vista. SCUM terá um corpo auxiliar masculino para acomodar aqueles homens que querem realizar um serviço público e acelerar seu inevitável fim. Se você quer ajudar a acabar com esse tedioso mundo masculino, estático, desagradável, rígido, & limpar do mapa o feio e malicioso rosto masculino, se você quer colaborar com SCUM:

Aquelas fêmeas menos encaixadas na “cultura” masculina, as menos agradáveis, aquelas almas simples e grosseiras que reduzem foder a foder, que são infantis demais para o mundo adulto dos subúrbios, hipotecas, esfregões e cocô de bebê, egoístas demais para criar crianças e maridos, incivilizadas demais para se importar com a opinião dos outros sobre elas, arrogantes demais para respeitar o Papai, os “Grandes” ou a profunda sabedoria dos Anciões; que confiam somente nos próprios instintos animais de suas entranhas, que igualam Cultura a garotas, cuja única diversão é perambular à procura de emoções e estímulos, que têm inclinação para “cenas” repulsivas, desagradáveis, perturbadoras; cadelas violentas, odiosas, que tendem a bater com a porta na cara de quem as irritam demais, que afundariam uma faca no peito de um homem ou cravariam um furador de gelo em seu cu assim que o vissem, se elas soubesse que não seriam punidas por isso; em resumo, as fêmeas que pelos padrões de nossa “cultura” são a escória… são frias e relativamente cerebrais e margeiam a assexualidade.

Livres das convenções sociais, da delicadeza, da discrição, da opinião pública, da moralidade, do respeitode idiotas; sempre autênticas, sujas e despudoradas, SCUM estão por todos os lados… por todos… elas já viram o espetáculo inteiro – pedaço por pedaço – a cena da trepada, a cena da chupada, a cena da sapatão já cobriram todo o cais, já estiveram debaixo de cada doca e ponte de atracação, a ponte de atracação do pau, a ponte de atracação da boceta… é preciso ter passado por muito sexo para vir a ser anti-sexo, e SCUM, depois de terem experimentado de tudo, agora estão prontas para um espetáculo totalmente novo. Elas querem sair rastejando debaixo da doca, agitar, decolar, emergir. Mas SCUM ainda não prevalece; SCUM ainda continua nas valetas da nossa “sociedade”, que, se não for desviada de sua rota atual e se a Bomba não cair sobre ela, se precipitará para a morte.

*** guerra, dinheiro, casamento e prostituição, trabalho, impedimento da automação, amabilidade, delicadeza, “dignidade”, censura, “entretenimentos” triviais, segredo, supressão do conhecimento & de idéias, ignorância, paternidade & doença mental (medo, covardia, timidez, humildade, insegurança, passividade), autoridade, governo, tédio, monotonia, “Grande Arte”, “Cultura”, filosofia, religião, moralidade baseada no sexo, competição, prestígio, status, educação formal, preconceito (racial, étnico, religioso, etc.), classes sociais e econômicas, domesticidade, maternidade, materialismo, sexualidade, feiura, destruição das cidades, envenenamento do ar, ódio, desprezo, desconfiança, impedimento do diálogo, da amizade & do amor, subúrbios, violência, doença & morte.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


%d blogueiros gostam disto: